Category Archives: Curtas

Chamada

-Estou?
-Estás?
-Ahahaha, parvo.
-Que estás a fazer?
-Saí agora da escola, estou a caminho de casa…
-De casa? Mas não vinhas ter comigo?
-De tua casa. Eheh
-Ah bom, acho bem. Como foram as aulas hoje?
-Uma seca… Mas…
-Mas o quê?
-Resolvi contar ao pessoal que coiso…
-Coiso?
-Sim que sou…
-Ah! E como é que reagiram?
-Uns melhor que outros.
-Pois, já era de esperar.
-Os mais próximos reagiram bem, os outros gozaram. Mas esses outros também não interessam.
-É verdade, até porque mesmo que todos reagissem mal tinhas-me a mim. E eu valho bem mais que eles todos. Eheh
-Convencido…
-Vais negar?
-Não, até porque…
-O que foi?
-Vinha a pensar, antes de estar contigo não dava grande valor a minha vida.
-Pois, eu sei, as cicatrizes nos pulsos falam por ti.
-Pois… Mas agora… Parece que ganhei gosto pela vida, percebes?
-Percebo, eu tenho esse efeito nas pessoas. Ahahahah
-Parvo. Agora a sério, dantes não me importava se morria ou não, mas agora quero é viver muito tempo para o poder passar contigo.
-Ai que fofo, já vais ganhar três abraços só por isso.
-Ainda estou longe daí.
-Pois é a tua mania de andar a pé.
-Faz-me bem…
-Sim, se quiseres tornar-te numa radiografia.
-Exagerado…
-Um bocado. Aluguei um filme para vermos.
-Qual?
-Não digo…
-Diz lá!
-Não
-Olha vem ali um do pessoal que não gostou muito que eu me assumisse.
-Ah… Faz de conta que não os vês.
-Estão-se a rir para mim, estranho.
-Mostra-lhes o dedinho.
-Não…
-O que foi?
-“Oh bichinha olha para aqui!” [Estrondo]
-R!?
-R, está tudo bem!?
-R!!!?